Resenha: Um Amor para Recordar

13 jul

Recebi este livro por que participei do book tour organizado pela Tathys do ‘’Eu Sou Assim’’( HTTP://tathy.com.br) queria agradecer MUITO pela oportunidade! Dividir com todo mundo e fazer novos amigos por esse Brasil afora foi maravilhoso, obrigada, do fundo do meu coração!

         Mas agora vamos ao que importa! Confesso que estava enrolando para escrever esta resenha, por que a)Meu estomago decidiu que estava na hora de ter uma crise de gastrite b) Temos que repor as aulas que perdemos durante a greve e é realmente cansativo e desanimador ir para a escola c) É MUITO difícil para eu escrever sobre tio Nyck sem parecer chata e às vezes até um pouco preconceituosa.

         ‘’Um Amor Para Recordar’’ conta a historia de Landon Carter, um jovem rico e rebelde de uma cidadezinha do sul dos Estados Unidos, a historia continua (minha memória está meio falha, então eu tenho medo de falar demais e acabar soltando spoiler) e Landon acaba se apaixonando por Jamie a filha do pastor, que anda sempre com a bíblia debaixo do braço (Thaluana, cadê você nessas horas?) e que cuida de todo mundo necessitado da comunidade.

         Tenho que admitir que Sparks é um gênio, que consegue escrever historias que emocionam as pessoas e que obviamente viram um Best-seller. Mas eu não gostei desse livro, me perdoem pelo que eu vou fala a seguir (alias, se isso aqui sair no blog da Tathys, eu sinto que vou ser crucificada).

         Sparks escreve para fazer você chorar e para vender. No começo Jamie fica sempre com a bíblia debaixo do braço, é a inocente e que cuida dos pobres e reprimidos, diz para todo mundo que vai rezar por ele e que vai tentar ajudar, é inspirador e interessante? NÃO, fica extremamente irritante, me perdoem, mas (NOVAMENTE, ESSA É A MINHA OPNIAO) ela fica em uma lenga lenga que dá vontade de fechar o livro e dar com ele na cabeça dela !

         Landon passa por uma transformação por  Jamie e isso foi…legal! O ‘’climax’’ da historia, que fica na pagina 159, fez a maioria chorar não me emocionou, talvez por eu já ter assistido o filme(este, eu ouso dizer, é um dos raros casos em que o filme é melhor que o livro)

         Mas é o que eu disse na minha resenha de ‘’Querido John’’, Sparks tem uma formula para escrever seus livros: Homem Malvado conhece menina boazinha que cuida de gatos, animais feridos, órfãos, pastores e que constrói casas para pobres e reprimidos, depois ela fica doente, ou ele fica doente, ou alguém entra no meio do relacionamento dos dois e eles se separam, ele faz você chorar ALOUKADAMENTE e vira Best-seller(se alguém tiver lido um livro dele que não seja nesse formato, me avisa! Acho que o único que se salva é ‘’Diário de uma Paixão’’ e com ressalvas)

         Enfim, não gostei do livro e não fiquei muito bem durante a leitura, mas como ele é extremamente bem escrito, vou dar 4,75(em uma escala de 1 a 5, criada neste momento pela garota do casaco roxo que vos escreve)

         Pelo que eu li no caderninho que acompanhou o Book Tour, e pelo que eu e a Ana Carolina Nonato (do blog ‘’Seis Milênios’’ que foi para quem eu enviei o livro) conversamos no twitter, eu não fui a única que achou isso.

         Mesmo assim, agradeço pela oportunidade Tathys! Cuidei do livro melhor do que cuidaria dos meus! Por favor, faça mais book tours e tenha certeza de que eu vou participar! Sendo do Sparks ou não! Amei a oportunidade!

         Beijoooooooooooooos, A Garota do Casaco Roxo

PS: E que capinha mais sem-graça! Podiam ter caprichado mais um pouquinho!

PPS: Gente, vamos participar da promo de seguir o @onovojeito e @AmandaAriela, vamos lá! É por uma boa causa! É só deixar comentário com twitter no post da coluna das ONG’s

7 Respostas to “Resenha: Um Amor para Recordar”

  1. Neguinho, vulgo Hiago 2011/07/13 às 2:35 pm #

    Ai, como você é polêmica! Hahahahaha
    Não gosto dessa coisa pra vender, além de ficar estereotipado com essa fórmula de personagens que não existem, é extremamente doce e maçante (doce não é no bom sentido). Gosto de livros que retratam -até mesmo na ficção- pessoas normais, vivendo vidas e não histórias. Harry Potter e Percy Jackson merecem todo o crédito que recebem porque os autores souberam amarrar adolescentes comuns -e não aquela coisa ridícula e preconceituosa sobre jovens ricos e rebeldes só porque são adolescentes- em uma história de ficção. É por essas e outras que eu leio e ouço Chico Buarque ao invés dessas coisas mela-calças.
    Adorei o post.

  2. Ana Carolina Nonato 2011/07/13 às 3:46 pm #

    Olá!

    ADOREI A SUA RESENHA!!! *-*’ Você disse tudo e mais um pouco. Sparks realmente só faz para vender e isto me deixa MALUCA de raiva!
    Além disso, essa sequência de sempre é extremamente irritante (como você disse).

    Parabéns pela resenha! ;D

    Abraços!

    • Amanda Ariela 2011/07/13 às 4:02 pm #

      Obrigada, Ana! Nessas horas, é bom saber que vc nao é a única com raiva dele! heheheh

      Abraços!

  3. Thalu 2011/07/13 às 8:36 pm #

    e realmente esse naum eh o melhor livro dele, mas eu leio, e gosto dos livros dele
    o meu favorito eh o palavras que nunca te direi, eu acho que esse sai um pouco da formula
    PS:A ri com a citação do meu nome na resenha

    • Amanda Ariela 2011/07/13 às 8:41 pm #

      Thaluana, nao foi uma homenagem, nem uma citaçao!

      Foi uma trollagis manolagis,entende?!

  4. Thalu 2011/07/14 às 2:44 pm #

    tah valendo mesmo assim

Trackbacks/Pingbacks

  1. Eu sou assim… » Encerrando os Book Tours - 2011/12/16

    […] Amanda Ariela Bustos de Souza […]

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: