A Caixinha de Pandora – Drica Pinotti

21 set

Nome: A Caixinha de Pandora

Autor: Drica Pinotti

Editora: Rocco (pareço pobre, mas tenho livros da Rocco! U_U)

Páginas: 196

Preço: R$ 28,00, a versão impressa (meio caro para um livro infanto juvenil!) e a versão digital custa R$ 19,50 (isso eu achei absurdamente caro, um livro digital, 20 reais!).

Origem: Nacional

        

Antes de começar essa resenha gostaria de pedir desculpas pela falta de resenhas esta semana (Ih, lá vem a Amanda com essa historia de novo!), mas é que me enrolei toda(final de bimestre, época de vestibular, trabalhos…sacumé, né?) e não consegui postar, acho que semana que vem vai ser o mesmo, não vou dar falsas esperanças a vocês, mas vou tentar fazer o meu melhor!

         Todo mundo sabe que sou fã da Drica Pinotti, já li De Menina a Mulher (resenhei para o blog também e até hoje, é uma das resenhas mais acessadas) e A Pílula do Amor (também já resenhado para o blog) e comprei A Caixinha de Pandora de aniversario!

         O livro é bem fininho e enquanto eu assistia ao DVD do Michael Bublé(que eu também comprei de aniversario) minha mãe pegou ele da minha estante, leu e adorou! Depois, minha amiga Yasmin(que resenha neste blog vez ou outra) também leu o livro e também adorou e depois de toda a propaganda, minha avó também está com vontade de ler ele, para você ver que a historia, consegue agradar todas as gerações!

         ‘’A Caixinha de Pandora’’ conta a historia de Dora, a tagarela, simpática e carismática, a menina mais popular da escola! Isso até a chegada de Mariana Oliveira Castro, filha de uma atriz suuuuuper famosa que chega abalando a escola e acabando com a vida de Pandora, roubando sua melhor amiga, sua popularidade e o namorado (que não sabe que é namorado) de Pandora, o Gabriel. Agora Pandora vai ter que lutar contra tudo e contra todos para ter sua popularidade de volta e ter o garoto dos seus sonhos na sua vida, para isso, ela terá a ajuda de um diário, do século passado encontrado enterrado no jardim de sua avó.

         Como disse antes, A Caixinha de Pandora é o tipo de livro que agrada todas as gerações! Eu realmente consigo imaginar meu eu de 12 anos lendo ele e adorando! A Dora é MUITO engraçada, se mete em varias encrencas e passa por situações que todo mundo já passou uma vez na vida, acho que isso torna a leitura mais próxima de nos, mais acessível, faz com que ela seja um personagem com o qual todas as meninas se identifiquem!

         Em algumas partes, dava vontade de entrar na historia e dar uns chacoalhões na Dora, mesmo sabendo que as coisas iam dar errado, ela ia lá e fazia e as coisas realmente davam errado! Mas, diferente de muita gente por aí, Dora aprende com seus erros e vai amadurecendo durante a história e aprendendo o que realmente importa na vida e deixando os leitores com um sorriso na cara.

         O livro é muito doce e fácil de ler, acho que está mais para infanto do que para juvenil, mas isso não impede que todos gostem e aproveitem a leitura! Recomendo para todas as meninas que querem gostar de ler e para as que já gostam de ler! Mas já aviso que o livro é bem diferente da série ‘’De Menina a Mulher’’ que é mais um guia do que uma historia em si!

         Aqui vão alguns quotes para vocês verem como a PanDora é fofa e engraçada:

‘’Essa blusa? Nem me lembrava mais dela. Ai… Está presa. Força, Dora (eu sozinha, tentando um apoio moral para soltar a blusa!). Força, Mulher! Acho que preciso comer mais ‘’Arroz com Feijão’’, como diz meu pai. Ele tem razão, essa ditadura da magreza vai acabar me matando ou me deixará verde de tanto comer alface’’

P.94

‘’Outra que ele adora aprontar é cortar o bigode dos gatos da vizinhança. Isso mesmo! Quem tem gato sabe que os bigodes do bicho servem como uma espécie de sensor para que ele tenha exata noção do espaço. Dessa forma ele sabe quando cabe ou não onde pretende entrar. O gênio do meu irmão (vamos combinar, esse garoto é um gênio nas pequenas maldades) descobriu que cortando apenas um lado do bigode e deixando o gato ‘’monogode’’,como ele mesmo costuma dizer, o pobre animal fica sem referencial. Mas se acalmem! Não precisa chamar a sociedade protetora dos animais para dar punição ao pirralho! O bigode dos gatos se regenera rapidamente e, em poucos dias, eles estão igualados sem maiores problemas. Eu juro!’’

P.48

Eu é que não deixo a Jujuba perto dele!

         Espero que tenham gostado da resenha e que a historia te faça trazer de volta os anos da sua puberdade (quando tudo o que você mais queria, era crescer! Ah, como eu era bobinha
!)

Beijoos, A Garota do Casaco Roxo

2 Respostas to “A Caixinha de Pandora – Drica Pinotti”

  1. Larissa Souza 2012/09/21 às 3:45 pm #

    Detestei o livro….

    • Amanda Ariela 2012/09/21 às 6:20 pm #

      Acho que é uma questão de gosto, né? Eu curti e achei legal, mas sei que tem gente que não curtiu, como você! Não dá pra agradar gregos e troianos!😉

      Obrigada por comentar! Volte sempre!🙂

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: