Entrevista com Drica Pinotti

21 nov

          Sei que sumi do blog, mas novembro está sendo muito mais ocupado e acelerado do que eu pensei que seria! Mas me perdoem, por favor!

            Drica Pinotti é uma das minhas autoras favoritas e já a resenhei varias vezes aqui no blog. Recentemente ela anunciou o relançamento da série ‘’De Menina a Mulher’’ (originalmente publicada pela editora Rocco) pela editora Verus.

            Fiz uma pequena entrevistinha com ela e espero que vocês gostem bastante!

CR)      Como e quando você decidiu que ia ser uma autora? Foi algo que caiu do céu ou algo que você já planejava como parte de sua carreira?

DP: Na verdade não decidi, aconteceu. Eu estava cursando Moda na Faculdade e trabalhava em uma confecção de moda praia para adolescentes. Em meio a milhares de livros de moda percebi que não havia nenhum guia de moda para jovens, então resolvi fazer o primeiro. Consegui meu contrato na primeira Editora que mostrei o trabalho. Dai por diante, fui incentivada a continuar, primeiro pelo sucesso que o livro fez e segundo pelo meu editor, Marcelo Melo, que acreditou no meu trabalho e me transformou em uma autora de verdade. Hoje me dedico inteiramente a esse trabalho. 

 CR)      Sei que você é formada em moda. Que conselhos e dicas você dá para garotas que pensam em fazer essa faculdade?

DP:  A Faculdade de moda é para garota criativas, que gostam não apenas de roupas, ou de desenhar, mas que são observadoras e que gostem de trabalhar com coisas manuais e que demandem gosto extremo por arte e beleza de modo geral. Eu sou essa pessoa. Fui muito feliz na escolha desse curso e mesmo sendo escritora estou sempre fazendo cursos e algum tipo de trabalho temporário que envolva moda. É uma paixão pra mim. 

 CR)      Você é autora da famosa série ‘’De Menina a Mulher’’, que praticamente toda pré-adolescente já leu. Existe algum projeto de continuar escrevendo a série ou você já encerrou essa etapa?

DP: Não encerrei essa etapa! Esse foi um dos momentos mais maravilhosos da minha vida. A série conquistou as meninas Brasileiras e isso me da muito orgulho. Na verdade em 2013 a serie será relançada e novos produtos de licenciamento estão sendo criados para esse novo momento. Acho que vamos ouvir falar bastante da Serie ‘’De Menina a Mulher’’ nos próximos anos.  

CR)      Recentemente você decidiu apostar no gênero ‘’Chick – Lit’’ e publicou ‘’A Pílula do Amor’’ livro que conta a história de Amanda Loeb, uma hipocondríaca que vive arranjando confusões e paixonites doidas. De onde surgiu essa ideia de escrever um livro cuja personagem principal tem uma doença tão complicada?

DP: Fui inspirada por uma amiga Americana que sofre do problema. Eu não diria que ela é a Amanda, mas eu diria que Amanda é 60% a minha amiga. O resto é criatividade da autora.  

 CR)      Você pretende dar continuidade ao ‘’A Pílula do Amor’’?

DP: Também para 2013 está previsto o lançamento da continuação das aventuras de Amanda Loeb, o nome do livro é Antídoto e estarei no Brasil para trabalhar na divulgação do livro a partir de Maio.  

 CR)      Em uma nova aposta ‘’infanto-juvenil’’ você publicou ‘’A Caixinha de Pandora’’(já resenhado aqui no blog) e o ‘’Diário de Pandora’’, pretende publicar mais algum livro sobre a Dora?

DP: Tenho contrato para mais um livro da serie Pandora. Ainda esta no começo, mas acredito que teremos mais um livro da serie sim, mas ainda não sei quando. 

CR)      Além de todos esses projetos, quais são seus outros planos para o futuro?

DP: Continuar escrevendo e trabalhar como designer de Sapatos, minha nova paixão.

 CR)      De onde você tira inspiração para escrever suas historias?

DP: Da vida. Eu vivo intensamente todos os dias. Sou observadora e adoro imaginar historias. Eu sempre tenho uma boa historia pra contar e grande parte delas eu mesma vivi.

 CR)      Você tem alguma rotina para escrever? Algum método?

DP: Não tenho uma rotina e isso é um grande problema, na verdade. Quando estou em São Paulo, normalmente sou mais focada e escrevo mais. Em NY onde moro atualmente a minha vida é mais imediatista, não consigo programar as coisas, elas simplesmente acontecem e eu vou dando conta de cumprir com meus compromissos. Fica difícil manter a disciplina. Mas eu tento escrever pelo menos 3 vezes por semana, por um período de no mínimo 4 horas. É o máximo que consigo por aqui.  

CR)   Qual é a sua maior dificuldade na hora de escrever? E a maior facilidade?

DP: A maior dificuldade é estar inspirada nos horários que me disponho a escrever. A maior facilidade é que quando a historia esta redonda e bem formatada na minha cabeça, as letras fluem com muita facilidade e eu escrevo paginas e paginas sem nem sentir. É ótimo! Fico muito feliz quando acontece dessa maneira. 

 CR)   Que conselhos e dicas você dá para os autores ‘’iniciantes’’?

DP: Leiam muito, escrevam muito e tentem ser originais. Olhem para o que ninguém esta fazendo, pois lá esta a sua primeira oportunidade.  

 CR)   O que você acha do trabalho dos blogs em relação às resenhas dos seus livros?

DP: Maravilhoso quando é profissional e imparcial. Mas infelizmente nem todos tem a consciência de que escrever é um trabalho serio e merece respeito mesmo quando não agrada a todos.   

CR)   Em que momento da sua carreira, você se sentiu uma autora de verdade?

DP: Isso é interessante. Fiz muito sucesso com a série ‘’De menina a mulher’’, mas só me senti escritora mesmo, quando escrevi o ‘’A Pílula do Amor’’. Amo esse livro no sentido literário. É uma obra literária de fato e me orgulho muito de ter sido eu a autora desse livro.   

CR)   Quais são seus autores favoritos?

DP: Vários, difícil dizer um nome. Mas sou fã de Chick-lit, amo livros de suspense, romance, ficção de vários tipos e li muitos dos grandes clássicos. Uma das minhas obras favoritas é Os Miseráveis de Victor Hugo, simplesmente genial e me faz chorar sempre! 

 CR)   O que você sempre quis que te perguntassem em uma entrevista, mas nunca te perguntaram?

DP: Quem é Drica Pinotti? Mas acho que eu demoraria dias para responder essa pergunta, então vamos ficar por aqui. haha… 

 Beijo pra você e para os seguidores do Garota de casaco roxo. 

Drica Pinotti 

             Acho que nem preciso dizer que estou louca para ler ‘’Antidoto’’ e morrendo de curiosidade sobre o relançamento de ‘’De Menina a Mulher’’!

            Agradeço muito a Drica Pinotti por dedicar um pouco de seu tempo ao meu blog! Espero de verdade que tenham gostado da entrevista!

Beijoos, A Garota do Casaco Roxo

 

6 Respostas to “Entrevista com Drica Pinotti”

  1. Ceile 2012/11/22 às 10:50 am #

    Ain, quanto amor!
    Shame on me, pq eu não conhecia esta série dela =/ Só os livros que vc fala mesmo.

    Mas moooooorro de curiosidade de ler algum livro dela, principalmente A Pílula do Amor❤

    Ain, não sei como é a rotina dela, mas eu me inspiraria mais com NY *cof cof*

    Beijos!

    • Amanda Ariela 2012/12/14 às 11:53 am #

      MENTCHIRA QUE CE NAO SABIA TUDO ISSO??
      hahahahahha

      Todo mundo se inspiraria em NY, né Ceile??? hahahah

      Beijos!

  2. Anna Canestraro 2012/11/30 às 8:03 pm #

    Adorei a entrevista e o site também! Já curti no facebook, haha
    Se puder dar uma olhada na meu: http://www.ditandoasregras.blogspot.com (:

Trackbacks/Pingbacks

  1. As Férias da ‘’Garota do Casaco Roxo’’ « - 2012/12/26

    […] Entrevista com Drica Pinotti […]

  2. 10 Livros que Deveriam Virar Filme | - 2013/07/19

    […] 09. A Pílula do Amor/ Antídoto – Drica Pinotti […]

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: