Mais Livros para Ler em 2013

19 ago

image (1)

No inicio do ano, escrevi a minha meta de leitura para 2013 sem muita pretensão e sem exagerar na quantidade. 13 livros, nacionais e estrangeiros, clássicos e lançamentos a compunham e achei que até dezembro já teria lido tudo.

Mas em julho, percebi que já tinha lido boa parte dela. Ficaram faltando apenas os romances cujo lançamento foi adiado para o ano que vem e ‘’Anarquistas Graças a Deus’’, ‘’O Fantasma da Ópera’’ e ‘’’Desculpe, Quero me Casar Contigo’’ (que eu juro, juradinho, que vou ler até o final do ano).

Por isso, decidi fazer uma nova lista. Dessa vez, a prioridade foi para os livros que não são tão conhecidos por nós, já que recebem pouca divulgação das editoras e quase nunca aparecem em blogs.

A Elegância do Ouriço – Muriel Barbery

A primeira coisa que me chamou atenção nesse livro foi a capa. Depois li a sinopse, fui me envolvendo com a história e quando percebi já estava na página 15. É aquele jeito clássico e delicioso de se apaixonar por um livro, não? Só não saí correndo da loja com ele debaixo do braço porque, para variar, estava sem dinheiro.

À primeira vista, não se nota grande movimento no número 7 da Rue de Grenelle: o endereço é chique, e os moradores são gente rica e tradicional. Para ingressar no prédio e poder conhecer seus personagens, com suas manias e segredos, será preciso infiltrar um agente ou uma agente ou — por que não? — duas agentes. É justamente o que faz Muriel Barbery em A “Elegância do Ouriço”, seu segundo romance. Para começar, dando voz a Renée, que parece ser a zeladora por excelência: baixota, ranzinza e sempre pronta a bater a porta na cara de alguém. Na verdade, uma observadora refinada, ora terna, ora ácida, e um personagem complexo, que apaga as pegadas para que ninguém adivinhe o que guarda na toca: um amor
extremado às letras e às artes, sem as nódoas de classe e de esnobismo que mancham o perfil dos seus muitos patrões.

Damas de Honra – Quatro Casamentos e Nenhum Funeral – Jane Costello

Minhas ultimas leituras têm sido bem densas, variam de biografias até livros clássicos com mais de mil páginas. Não estou reclamando, mas às vezes precisamos desfocar um pouco e ler só para relaxar. ‘’Damas de Honra – Quatro Casamentos e Nenhum Funeral’’ pareceu o livro perfeito para fazer isso, pelo menos para mim. O único defeito que ele tem é o preço nada atrativo de R$42, 00 (se bem que são 430 páginas, né?).

Quando Evie Hart aceita ser dama de honra de sua melhor amiga, ela percebe que isso é o mais perto que conseguirá chegar do altar. Até hoje, aos 27 anos, Evie nunca viveu um grande amor. E, por ironia do destino, todos a seu redor, inclusive sua própria mãe, estão com os dias de solteiro contados. Ela treme só de pensar nos inúmeros casamentos que tem pela frente! Mas sua fobia de relacionamentos pode ter cura. Um convidado especial, que está sempre presente nas cerimônias, é capaz de fazer com que ela queira ser um pouco mais do que dama de honra. 

Sob o Sol da Toscana – Frances Meyes

Já falei várias vezes dessa autora aqui no blog e li seu outro livro ‘’Todos os Dias na Toscana’’ . Mas, por mais incrível que isso possa parecer, ainda não li a história que a deixou ”famosa” e divulgou seu trabalho pelo mundo. Shame on me. Vai que escrevendo talvez fique mais fácil conseguir ler esse livro.

Frances Mayes, exímia narradora de viagens e amante da gastronomia, nos apresenta o incrível mundo que descobriu quando comprou e reformou uma casa de campo abandonada no interior da Toscana. Com uma linguagem sensual e evocativa, ela faz com que o leitor a acompanhe à medida que vai descobrindo a beleza e a simplicidade da vida na Itália. Seguindo a tradição de turistas famosos em visita à Toscana, ela refaz passeios de D.H. Lawrence e Henry James, e consulta o poeta Virgílio. Tão talentosa na cozinha quanto ao escrever sobre vinhos e culinária, Mayes também cria dezenas de deliciosas receitas sazonais, todas elas incluídas no livro.

Ao fazer pela Toscana o que M.F.K. Fischer e Peter Mayle fizeram pela Provence, Mayes fala das singularidades e prazeres de um país estrangeiro com entusiasmo e paixão. Uma enaltação da extraordinária qualidade de vida da região, Sob o sol da Toscana é um banquete para todos os sentidos, e como tal foi consagrado nas listas de mais vendidos de todo o mundo e adaptado com enorme sucesso para o cinema.

Chocolate – Joanne Harris

Comentei sobre esse filme/livro na semana passada. Por isso,  enquanto revia ele no Netflix sábado passado (não resisti ver o trailer do filme e acabei indo rever) decidi que iria comprar um livro. Agora é rezar para encontrar-lo alguma livraria.

A chegada da misteriosa forasteira Vianne Rochet e de sua filha Anouk na pequena cidade francesa de Lansquenet-Sous-Tannes muda para sempre a vida de seus habitantes. Vianne abre uma loja especializada em chocolates finos bem em frente à igreja. O local é visto pelo cura do vilarejo – o padre Reynaud, um homem com um grande mistério escondido em seu passado – como uma ameaça à integridade de seu rebanho, principalmente diante da proximidade da quaresma, um tradicional período de abnegação.

Criando uma atmosfera fantástica e mágica, os aromas e sabores dos doces não provocam apenas o paladar dos moradores de Lansquente. Liberam, também, paixões e desejos reprimidos, o que é tomado como influência demoníaca pelo padre. O conflito com a igreja agrava-se ainda mais quando Vianne anuncia um festival de chocolate no domingo de Páscoa. Horrorizado com a perda de influência sobre a comunidade, o padre elabora um plano para acabar com a festa, com resultados imprevisíveis que mudam para sempre a vida dos habitantes do lugarejo.

Azar o Seu – Carol Sabar

Li algumas resenhas de ‘’Azar o Seu’’ e senti que esse era outro chick-lit para eu me apaixonar, me deliciar e relaxar! As comparações com os livros da Carina Rissi (que eu ADORO) me animaram muito! Não vejo a hora de ler!

Bia está parada num engarrafamento no Rio de Janeiro, pensando em sua vida azarada. Sem emprego, atolada em dívidas, ela não imagina que está prestes a viver a grande coincidência da sua vida. O motorista do carro ao lado está buzinando, tentando se comunicar com ela, como se fosse um velho conhecido… E ele é! Mas Bia não o reconhece. E como poderia? Ele é um homem, não mais o garoto de dez anos atrás. Está mais encorpado, cortou o cabelo, livrou-se do aparelho nos dentes e das espinhas do rosto, está tão diferente, tão lindo… O motorista sai do carro, mas não tem tempo de se explicar, pois começa um violento tiroteio e eles têm que se jogar lado a lado no asfalto. Certa de que está prestes a morrer, Bia entra em desespero e se prepara para dizer suas últimas palavras, na esperança de que o suposto desconhecido deitado ao seu lado possa levar um recado a Guga, seu amor da adolescência, sem perceber que é ele próprio que está ali, ouvindo a inesperada declaração de amor! Os dois escapam juntos do tiroteio e, a partir daí, começam a se envolver, dia após dia… Guga, sem coragem de assumir sua verdadeira identidade. Bia, fascinada por ele e feliz consigo mesma por finalmente estar se apaixonando por alguém que não é Guga… Azar o seu! vai além de uma comédia romântica. É uma reflexão sobre a importância da amizade verdadeira, do perdão e do autoconhecimento, que nos resgata o poder de decidir sem medo e de reverter escolhas que nos impedem de ser feliz. 

Beijoos, A Garota do Casaco Roxo

*todas as sinopses foram retiradas do Skoob.

3 Respostas to “Mais Livros para Ler em 2013”

  1. Triplamente (@Triplamente) 2013/08/22 às 10:11 pm #

    Não vejo a hora de ler A Elegância do Ouriço. Via a Ju Jervason do blog O Batom de Clarice falando sobre ele, ela não curtiu muito, mas ainda assim continuo com vontade de ler, principalmente pela capa. Sim, eu sou desses que se deixam levar pela capa, sorry rs.
    Gostei da lista, inté 😉

    ps: Tb quero ler Chocolate um dia, mas não é prioridade, vai demorar bastantinho.

    • Amanda Ariela 2013/08/23 às 6:06 pm #

      Eu vi ele pela primeira vez na livraria mesmo, acredita? Riririir

      E Chocolate, meu Deus, eu tou louca por esse livro! Se eu achar, largo tudo e começo a ler! Hahahaha

      Inté!

  2. Enderson Rafael 2014/01/11 às 2:39 am #

    O “Alba” ficou pra 2014. Esperamos, né, Mandita!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: