O Tempo entre Costuras – Maria Dueñas

capa de o tempo entre costuras edição comemorativa

Nome: O Tempo entre Costuras

Autora: Maria Dueñas

Editora: Planeta

Páginas: 480

Sabe quando um livro é tão bom que você sente, fisicamente, que está sem ar?

É assim que “O Tempo entre Costuras” é para mim. Cada vez que penso em sua narrativa, em Sira Quiroga e em Marcos Logan e no Marrocos Espanhol do século XX, fico sem fôlego.

O livro é, definitivamente, um dos melhores romances históricos que já  li, o primeiro de uma escritora espanhola e o primeiro que fala sobre os anos da Guerra Civil Espanhola, do ponto de vista de pessoas comuns, e, depois, sobre a proximidade dos espanhóis  com o Führer,  durante a Segunda Guerra Mundial.

No livro, acompanhamos a história de Sira Quiroga, uma costureira que aprendeu o ofício por acompanhar a mãe ao trabalho.

Sira está noiva e, em breve, vai se casar com um homem que quer que ela aprenda o mais rapidamente possível o ofício da datilografia, já que ele acredita que é no funcionalismo público que estão os melhores empregos.

Quando Sira e o noivo vão comprar uma máquina de escrever, Sira se apaixona perdidamente pelo vendedor, Ramiro.

Quando o pai desconhecido de Sira ressurge das cinzas para dar a ela a parte que lhe cabe de sua herança, Sira larga o noivo e, ao lado de Ramiro,  parte para Tânger, na parte espanhola do Marrocos, já que a iminência de uma Guerra Civil Espanhola é cada vez mais certa.

É preciso dizer, ainda que pareça um spoiler, que Ramiro abandona Sira e que foge com toda sua fortuna, deixando-a desamparada em um território desconhecido.

Com a ajuda do delegado e de uma muambeira, Candelária, Sira se recupera e transforma suas tristezas em energias para abrir um ateliê de costuras em Tetuán, também no Protetorado Espanhol.

Além de produzir modelitos incríveis, Sira vai, aos poucos, percebendo que um ateliê de costuras é um lugar onde as mulheres desabafam e revelam seus compromissos e segredos, como um secreto voto de confiança, em especial, as alemãs, esposas de militares e generais também alemães que estão em Tânger.

Com descrições maravilhosas que formam verdadeiras pinturas mentais, acompanhamos a evolução de Sira de um passarinho assustado a uma mulher no controle de seu próprio destino e em uma das melhores informantes do Serviço Secreto Britânico.

Além de mostrar a evolução de Sira, suas amizades, sua relação com com seus pais e sua evolução em rainha da alta-costura, o livro também tem, é claro, romance. No entanto, os romances de Sira (exceto seu relacionamento com Ramiro) são quase secundários em relação a sua própria transformação em uma mulher segura de si, algo que eu adorei e que não me lembro de ter visto em nenhum livro do tipo.

Com passagens por outras cidades europeias como Lisboa e Madri, a história recebe os toques de História, conspirações, política, reviravoltas e espionagem que eu ADORO.

Para eu não ter dúvidas de que esse livro foi escrito para ser um dos meus favoritos da vida, Maria Dueñas ainda insere uma menção a Martha Gellhorn, a jornalista que me fez querer virar uma jornalista.

“O Tempo entre Costura” virou uma mini-série espanhola disponível na Netflix. Eu ainda não a vi porque tenho medo de estragar as imagens mentais  vívidas que tenho, graças às excelentes descrições da autora. Quem sabe um dia…

Já faz mais de um mês que terminei a leitura e sigo pensando em passagens do livro. Só tenho a agradecer a amiga que viu o livro achou a capa parecida comigo e me deu de presente.

Esse livro vai agradar pessoas que gostem de livros que retratem bem um período histórico como “Novembro de 63“, do Stephen King, “A Resposta”, a Kathryn Stockett e “A Casa dos Espíritos”, de Isabel Allende.

Beijoos, A Garota do Casaco Roxo

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s