Filmes que Vi #19

Ando um bocado cansada da minha rotina no Netflix. Já disse que vejo mais documentários do que séries e filmes, mas aqui vai meu drama: Eu já vi quase tudo. Comecei e terminei “Chef´s Table” (excelente, mas não deve ser visto quando se está com fome) e também comecei e terminei “Chef´s Table: France” (ótimo para praticar l´écoute), depois disso, eu meio que zerei os documentários que sinto vontade de ver no Netflix. Tive que recorrer aos filmes.

Quero Matar meu Chefe

hero_horriblebosses2-2014-1

Eu tive muita sorte na minha vida profissional – por enquanto- então nunca trabalhei em um ambiente de trabalho hostil, com chefes que pendem à psicopatia, são usuários de drogas ou totais pervertidos. Não é o caso de Dale, Nick e Kurtis.

O chefe de Nick promete promovê-lo se ele trabalhar duro. Chegando no trabalho às 6 da manhã, todos os dias, Nick chega a perder o velório de sua Vóvica, com esperanças de conquistar o seu novo cargo.

tumblr_m8vwwp6qjo1rrx8xeo5_r1_500

Dale vai se casar em breve, mas sua chefe só quer saber de levá-lo para cama. Ela usa lingerie sexy, prende ele na sala e se insinua para ele, na frente de clientes anestesiados.

tttt

Kurtis tem um bom emprego na Pellit Química, mas, um dia, seu chefe morre e a empresa passa às mãos de seu filho, que é um incompetente viciado em sexo e cocaína.

Os três decidem-se por matar seus chefes, cada um a sua maneira, com a consultoria do notório bandido, Mete-a-mãe Jones. O filme tem uma reviravolta hilária e eu ri alto várias vezes. Ele chega a ser um pouco inovador, diferente das comédias besteróis de sempre, mas não passa muito além disso: um filme para rir e relaxar.

O elenco é muito bom e tem gente grande como a Jennifer Anniston, o Jamie Foxx e o Kevin Spacey.

Casamento Grego 2

casamentogrego2top

Esse não está disponível no Netflix, infelizmente. Achei que ele valia os 10 reais que o Now me cobrou por ele, já que eu queira ir ao cinema para vê-lo, mas acabei não tendo tempo.

Anos depois do primeiro filme de “Casamento Grego”, Toula e Ian tem uma filha, Paris, que está prestes a se formar no ensino médio. A garota já está sofrendo as pressões da família grega, que quer que ela se case e fique com eles na cidade de Chicago. Toula ainda trabalha no restaurante da família e ela e Ian ainda são um casal fofo, mas andam meio afastados.

Mas então, seu pai, Gus, decide provar a todos que é um descendente direto de Alexandre, o Grande. Mexendo nos documentos, Gus descobre que a sua certidão de casamento com a mãe de Toula, Maria, nunca foi assinada. Em suma, os dois têm vivido em pecado. oooh!

life-lessons-from-my-big-fat-greek-wedding-the-most-important-advice-ever-1

Então, Maria dá um ultimato a ele, para que resolvam logo esse impasse e se oficializem como um casal! Ela manda o velhinho dormir no sofá e Gus diz que dorme mal, não por causa do local, mas porque sente falta de ouvir o ronco dela! ❤ É esse o Casamento Grego a que o filme se refere, e não algo com a filha de Toula (até porque ela só tem 17 anos, seria bizarro!).

anigif_original-3623-1447270648-4

Esse filme é delicioso! É engraçado, inteligente, doce e vai fazer você desejar ter uma família tão grande e tão grega quanto a de Toula e Paris!

Gus, o patriarca da família, me lembrou muito o vô de uma amiga minha, os gregos realmente são assim e são teimosos o suficiente para afirmar que “é tudo mentira isso, os gregos não são assim”. Para o pappou, os gregos inventaram tudo, até o Facebook e seu amor pela terra natal dura anos, anos e anos.

tumblr_o0pz7itcor1qdfkb6o1_r1_500

Eu ri alto em muitos momentos e adorei os ideais de família, amor, laços e maternidade que ele mostra. O elenco original do primeiro filme retornou em peso e isso deixou a história mais fácil de acompanhar. Toula e Ian ainda são um casal adorável e é lindo ver esse amadurecimento na história.

A única coisa que eu ainda não entendi é o amor de Gus pelo Vidrex, que ele diz que tem o grande poder de consertar tudo! Ando com vontade de testar essa teoria.

eqnsvcpy4ilx

A atriz que faz o papel de Toula, Nia Vardalos, escreveu o roteiro deste e do primeiro filme de Casamento Grego (fun fact: O primeiro filme, de 2002, ainda é a comédia romântica mais lucrativa de toda a história. Rendeu uns 6150% a mais do que aquilo que foi investido para produzir o filme). Nia também participou da elaboração do roteiro de “Eu Odeio o Dia dos Namorados”, que mal posso esperar para ver, porque, pelo visto, eu adoro o trabalho dela!

Super recomendo ver se você anda sentindo a necessidade de risos, mais risos, amor familiar, amor de velhinhos e algumas lágrimas. É uma pena que tenham removido o primeiro filme do catálogo da Netflix! =/

Beeijos, A Garota do Casaco Roxo

 

Anúncios