Querido John – Nicholas Sparks

14 abr

Nicholas Sparks, autor numero um de best-sellers, trás agora uma historia inesquecível de um jovem que tem que tomar a decisão mais difícil de sua vida em nome de seu grande amor.

       ‘’Querido John’’, dizia à carta que partiu um coração e transformou duas vidas para sempre.

       Quando John Tyree conhece Savannah Lynn Curtis, descobre estar pronto para recomeçar sua vida. Com um futuro sem grandes perspectivas, ele, um jovem rebelde, decide alistar-se no exercito, após concluir o ensino médio. Durante sua licença, conhece a garota dos seus sonhos, Savannah. A atração mutua cresce rapidamente e logo se transforma em um tipo de amor que faz com que Savannah prometa esperá-lo concluir seus deveres militares. Porem ninguém previa o que estava para acontecerem, os atentados de 11 de setembro mudariam suas vidas e do mundo todo. E assim como muitos homens e mulheres corajosos, John deveria escolher entre seu país e seu amor por Savannah. Agora, quando ele finalmente retorna para a Carolina do Norte, ele descobre como o amor pode nos transformar de uma forma que jamais poderíamos imaginar.

       Esses dias ‘’deu a louca’’ na minha mãe, e ela decidiu ir à Livraria Cultura e passar um tempo lá. Mas acabou que ela se sentiu um peixinho fora d’água além de sentir intensa e extremas saudades de mim! (BEIJO MAAAE!)

       É claro que ela não iria sair de uma livraria sem trazer alguma ‘’coisinha’’ para mim, então ela ficou em dúvida, e acredite em mim, é MUITO difícil me agradar quando o quesito livros! Eu sou ma CHATA! Não supoooorto livros de auto-ajuda, saí de perto de  mim se estiver carregando algum livro com conteúdo ‘’sobrenatural’’ (até que algum autor me prove o contrario, eu vou repudiar esta categoria até o resto dos meus dias! A única exceção para mim nessa categoria é Tia Meg com a séria ‘’A Mediadora’’ e o Jesse e seu sotaque hispânico sussurrando no meu ouvido ‘’Mi Hermosa…’’ tá! Parei! Acalme-se Amada, não tem um fantasma bonitão no meu quarto, muito menos falando mi hermosa para mim) Deu pra entender que é bem complicado, né?

       Então ela ficou hooooras conversando com a vendedora, que no final sugeriu para minha mãe ‘’Querido John’’ . Para ser sincera e falar a verdade, eu tinha um pouco de receio em ler esse livro, receio por que eu não gosto de chorar, medo de achar um livro ruim enquanto todo mundo babava e olhava pras bundinha  covinhas de Nicholas Sparks, medo de esperar demais de um livro e ele não ‘’encher meu tanque’’de amor

       Até que eu reuni coragem, e tempo.E o que eu temia, aconteceu! A separação de John e Savannah era obvia até por que não se larga o exercito de uma hora para outra, ainda mais nos EUA aonde a carreira militar é levada extremamente a sério, até ai tudo bem! Mas de verdade, eu esperava alguma reviravolta, mudança drástica, alguma coisa! Qualquer coisa menos o que aconteceu!

       E outra, tenho que ser sincera, do fundo do meu coração! A única certeza em nossa vida é a morte, e ainda assim não estamos prontos para ela! Longe disso! E quando se fala sobre doenças, e/ou coisas que podem te ‘’lancar ’’ direto para o beijo do dementador  a morte, é fácil emocionar, é fácil alcançar nossos corações,  e nos fazer chorar até nossos úteros se retorcerem e você ter que ir tomar um Ponstam por que o Buscofem não faz mais efeito!

SPOILERSSPOILERSSPOILERSSPOILERSSPOILERSSPOILERSSPOILERS

Quando no livro a Savannah descobre que o pai dele tem Síndrome de Asperger , preciso dizer que fiquei muito PUTA! Me crucifiquem, joguem pedras em mim e grudem chiclete no meu cabelo pixaim! Mas essa é minha opinião!Eu ainda não li todos os livros de Nicholas Sparks, mas me responda! EM QUAL LIVRO DELE, NÃO HÁ UM PERSONAGEM COM ALGUM TIPO DE DOENCA QUE ATRAPALHA O RELACIONAMENTO, OU QUE PODE LEVAR A MORTE? Sério! Me respondam! Querido John: Asperger/Autismo( nao atrapalhou no relacionamento do casal principal! Mas ainda assim, é uma doença que está presente no livro!), Diário de Uma Paixão: Parkinson(não me lembro se é Alzheimer) e uma série de ataques do miocárdio, A Última Música: Câncer. E por aí vai, desculpem minha revolta, mas essa é minha opinião e eu acharia errado escrever uma resenha contando mentiras ou não a demonstrando efetivamente!

       Mas depois que eu superei toda essa revolta, fiquei curiosa e segui minha leitura(até para não magoar minha mãe). E admito que me emocionei, nesse livro o relacionamento John/Pai me chamou MUITO mais atenção do que John/Savannah.

       E o final foi triste e lindo ao mesmo tempo! São poucos os livros que conseguem ser tristes e lindos! E eu gostei de verdade do ritmo da história! É difícil escrever um livro cuja historia se passa em dez anos e manter um ritmo leve e agradável de leitura! Por isso eu perdôo Nicholas Sparks e sua quase hipocondria, e eu digo com todas as letras, byts e sílabas que eu GOSTEI desse livros(só não digo que amei por que eu consegui segurar o choro!)! 😄

       E na semana que eu li(Já faz um tempinho, é que eu precisei de um bom tempo para ‘’digerir’’ a historia!) a Alba Milena fez um post muito legal no Psychobooks sobre Autismo e Síndrome de Asperger (Abril é o mês ‘’oficial’’ do autismo) e como é sempre bom divulgar posts de utilidade publica aí vai! ‘’Reblogado’’:

2 de abril de 2011

Dia Mundial de Conscientização sobre o Autismo

Boa tarde, genteeee!! \o/

Hoje resolvi sair um pouco do foco do blog e falar pra você de uma data superespecial!

Resolvi fazer essa postagem com meu próprio perfil para que se alguém se interesse pelo tema, ou tenha alguma dúvida, possa tirá-las comigo. =D

Hoje é comemorado em todo o mundo o “Dia Mundial de Conscientização sobre o Autismo”, data que foi criada em 2008 pelas Nações Unidas (ONU) para alertar e conscientizar a população sobre o assunto.

Por que saber mais sobre o autismo?

A ordem do dia é CONSCIENTIZAÇÃO! Muitas pessoas não sabem o que significa o autismo e como se comporta um individuo autista.

O autismo é um transtorno global do desenvolvimento. O individuo autista tem dificuldade na comunicação e não compreende a linguagem figurada. Como mãe de um, enxergo a doença como uma forma diferente de viver a vida. A ideia desse dia é que haja uma proliferação do tema para que os preconceitos sejam quebrados. Dica: nunca use o termo “autista” ou “autismo” de forma pejorativa, para “ofender” um colega antissocial; isso só dificulta nosso trabalho em desmitificar o tema.

De que forma posso ajudar com essa conscientização?

Hoje, vista-se de azul. Em vários locais do mundo, monumentos serão iluminados com a luz azul, que é a cor que simboliza esse dia. Em alguns locais também estão sendo entregues fitas azuis, use-as e se alguém lhe perguntar por que, responda e conscientize a pessoa sobre o assunto. O ordem do dia é propagação de informação sobre o tema!

Hoje, o Brasil possui 2 milhões de autistas, vamos nos juntar e dar voz a eles!

Eu sou a Alba, mãe do Lucas, um autista 15 anos lindo e cheio de vontades e personalidade! Se quiser conhecer mais sobre o tema, já fiz algumas resenhas de livros que abordam o assunto, basta clicar AQUI.

Para mais informações me siga no twitter ou faça questões no formspring. Estou aberta para qualquer tipo de dúvida! Qualquer dúvida mesmo. A notícia do autismo quando chega é difícil de aceitar, mas com o tempo você percebe que é apenas diferente do que estamos acostumados. E o diferente não é ruim, devastador, ou motivo de depressão… O diferente só é isso: diferente.

http://twitter.com/#!/AlbaMilena

http://www.formspring.me/AlbaMilena

Playlist:

Israel Kamakawiwo’ole – Somewhere over the Rainbow

http://www.psychobooks.com.br/2011/04/dia-mundial-de-conscientizacao-sobre-o.html

 Beijooooooooos, A Garota do Casaco Roxo

3 Respostas to “Querido John – Nicholas Sparks”

  1. Alba Milena 2011/04/14 às 7:36 pm #

    Oi Amanda! Adorei o post!

    Só não concordei com o fato do autismo atrapalhar de alguma forma o relacionamento deles XD. Assisti o filme e achei que tudo ficou bem leve =D

    Obrigada pela “reblogada” \o/ É sempre bom esclarecer mais obre o tema!

    Beijos, sua linda!

    • Amanda Ariela 2011/04/14 às 7:46 pm #

      Obrigada por comentar!! 😀
      E para esclarecer melhor, nesse trecho eu nao estava me referindo apenas á ”Querido John”, o autismo nao atrapalhou esse relacionamento de forma alguma! Eu estava me referindo aos outros livros nos quais a doenca separa o casal(tipo Um Amor para Recordar que a ”mocinha” morre!) Sacas 😉

      E de nada sobre a reblogada, é ótimo saber sobre assuntos como esse, para esclarecer mais e tirar todo esse tabu e esse preconceito infelizmente rodeiam esses temas!
      De nada , Alba! Escrevi o post meio com pressa senao pesquisaria mais sobre o tema para colocar aqui! (a escola ainda me mata! De veerdade!) E eu agradeco a voce, por permitir que eu reblogasse e por nos ajudar a divulgar mais esse assunto!

      Beijoooos! 😉

Trackbacks/Pingbacks

  1. Os 10 Piores Namorados da Ficção « - 2013/02/15

    […] Savannah – Querido John […]

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: